quarta-feira, 6 de julho de 2011

Liturgia do dia 06 de julho de 2011

Evangelho do dia 
Mateus 10, 1-7
Os apóstolos recebem de Jesus poder para libertar os homens de todo mal que afasta-os do caminho de Deus. Os dozes apóstolo simbolizam as dozes tribos de Israel, eles são chamados e enviados para formar novas comunidades baseadas na fraternidade justiça e paz. Eles devem dar continuidade à missão de Jesus. Jesus pede que eles vão às ovelhas perdidas de Israel; isto é devem ir aos de casa. Porém Jesus lembra-os que o reino dos céus está próximo. Os sinais que demonstram isso é que a vida deve ser resgatada, os excluídos devem ser acolhidos e amados, e os oprimidos devem ser libertados do poder dos poderosos. No reino de Deus não pode ter desigualdades. Portanto dá para perceber que ainda há muito por fazer.
Jesus chama todos nós, a construção de um mundo mais humano e fraterno é nossa missão. Todos os batizados devem se sentir chamado por Jesus e responder com amor a esse chamado. Não podemos nos fazer de surdos ao ouvi-lo chamar nosso nome. Ele prometeu que estaria conosco até o fim dos tempos e sua presença nos guiará para que a justiça seja alcançada, Jesus confiou a nós seus discípulos missionários a missão de levar adiante a Boa-Nova do reino. "Como Ele foi testemunha do mistério do Pai, assim os discípulos também são suas testemunhas. Por tanto cumprir esta missão não é tarefa opcional, mas parte integrante da identidade cristã, por que é extensão testemunhal da vocação". (DA 144)
Para que nossa missão seja fecunda e dê frutos é preciso que estejamos desapegados de tudo.
Jesus nos chama pelo nome e nos envia. A evangelização é tarefa que não podemos deixar para depois é preciso anunciar o evangelho para que todos sejam libertados e reintegrados a vida na comunidade de amor.
Em Cristo
Rita Leite

Nenhum comentário: