quarta-feira, 6 de julho de 2011

“O Reino dos Céus está próximo”

07 de julho
Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 10, 7-15
         
            Após escolher os apóstolos Jesus os envia em missão. Dá orientações de como devem agir. Jesus dá a eles poder de curar os doentes, ressuscitar os mortos purificar os leprosos e expulsar os demônios. Devem anunciar o reino de paz e justiça e libertá-los de todos os males. Devem ir anunciar o nome de Jesus para a salvação da humanidade.
Jesus recomenda que quem se propõe a anunciar o evangelho não deve buscar segurança, prestigio e estabilidade financeira em sua atividade missionária. "Não leveis ouro, nem prata, nem dinheiro. Nem sacola, nem sandálias". Pois quem se apega a isso acaba por transformar a missão em uma função puramente lucrativa. O enviado deve estar despojado de tudo para que na humildade possa ser conduzido pelo espírito santo e assim sendo possa testemunhar os mesmos sentimentos que havia em Cristo. Precisamos deixar de lado tudo que nos impede de viver o autentico cristianismo.
A gratuidade deve fazer parte da vida de quem anuncia o reino de Deus, "de graça recebeste de graça deveis dar".
Jesus nos confia uma missão, não só os consagrados têm a missão de evangelizar, mas também todo leigo batizado. É preciso coragem por parte de nós leigos para sermos sal da terra e luz do mundo, evangelizando em nossas casas, nossos bairros nosso trabalho. A missão do leigo (a) é anunciar o Evangelho pela maneira de viver, construindo a fraternidade e a paz levando a esperança e edificando a igreja pelo testemunho e compromisso. Assumir esta postura de missionário exige coerência e muito amor.  Jesus nos alerta que poderemos ser rejeitado como ele próprio foi. Mesmo que isso aconteça não devemos desanimar, somos instrumentos de Deus e ele nos recompensará na vida eterna.
 Os Enviados são portadores da libertação; quem os rejeita, rejeita a salvação e atrai sobre si o julgamento.
Em Cristo
Rita Leite

Nenhum comentário: