quarta-feira, 23 de maio de 2012

Por quem vocês carregaram as pedras?


"Um dia, disse Jesus aos discípulos: “Gostaria que carregassem uma pedra para mim.” Ele não deu qualquer explicação. Então, os discípulos procuraram pedras para carregar consigo; Pedro, prático como era, procurou pela menor pedra que pudesse encontrar. Afinal, Jesus não havia dito nada sobre tamanho e peso! Assim, colocou uma pedra no bolso. Jesus então disse: “Sigam-me.” E eles deram inicio a uma caminhada.

Por volta do meio dia, Jesus pediu que todos se sentassem. Fez um meneio com as mãos e todas as pedras se transformaram em pão. Então, disse: “É hora de comer.” Em poucos segundos a comida de Pedro havia acabado.


Terminada a refeição, Jesus pediu que todos se levantassem. Tornou a dizer: “Gostaria que carregassem uma pedra para mim”. Desta vez, Pedro pensou: “Aha! Agora entendo!” olhou em volta e viu um pequeno penedo. Suspendeu a pedra sobre os ombros, e era tão pesada que o deixou cambaleante. Mas pensava: “Mal posso esperar pelo jantar.” Então Jesus disse: “Sigam-me.” E eles deram inicio a outra caminhada, e Pedro mal conseguia acompanhar o grupo.


Por volta do horário do jantar, Jesus os conduziu para a margem de um rio. Disse: “Agora, quero que todos joguem as pedras na água.” E assim foi feito. Depois acrescentou: “sigam-me”, e começou a andar. Pedro e os outros olharam para ele, embasbacados. Jesus suspirou e disse: “Não se lembram do que eu pedi que fizessem? Por quem vocês carregaram as pedras?"


Por vezes nos sentinmos cansados na obra de Deus é como se estivéssemos carregando pedras. Nossa missão fica cansativa e não vemos os frutos de nosso trabalho.É que nos tornamos meros executadores de tarefas. Tudo que fizermos só pode ser feito com amor e por amor a nosso Senhor Jesus Cristo ou nos cansaremos e abandonaremos a nossa missão. Façamos tudo por Jesus e não nos fadigaremos jamais pois Ele virá em nosso socorro e a força do Espirito Santo nos sustentará na caminhada.


(A história de “Pedro e a pedra” foi tirada do livro “O Deus pródigo” de Timothy Keller).

Um comentário:

Sebastiao GONCALVES VIEIRA disse...

Não importa o tamanho e nem o peso da pedra, ela sempre será uma pedra, leve ou pesada. Mas quando o peso ou tamanho dessa pedra etá direcionado para Jesus, vamos sentir esse peso em nossas vidas? Sim, mas quando colocamos nosso pensar, nosso caminhar direcionado para ( Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo ) ou seja, (JESUS CRISTO) vamos perceber não temos pedra, temos pão e mel, que nos dado por Ele, e quem se alimentar dese pão e desse mel, jamais perecerá. As pedras existem para que possamos encontrar com Jesus, pois sem essas pedras a nossa vida ficaria fútil.
Parabéns pelo Blog.
Sebastião Gonçalves Vieira
http://cristoviveruah.blogspot.com.br/